Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jerónimo de Sousa acusa líderes europeus de esmagarem orçamento

Lusa

  • 333

Setúbal, 09 fev (lusa) - O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, acusou hoje os líderes europeus de terem "esmagado" o orçamento comunitário em vez de o utilizarem para corrigir as divergências provocadas pela concorrência no mercado único.

"Os maiores beneficiários do mercado único e das políticas comuns, os mal chamados contribuintes líquidos e impositores da politica de austeridade, acabam de alcançar, no Conselho Europeu, um acordo que esmaga o orçamento da União Europeia, um instrumento que, embora de forma limitada, poderia minimizar os efeitos da divergência criada pela livre concorrência do mercado único", disse.

O líder comunista, que falava a centenas de pessoas num almoço na freguesia da Gâmbia, concelho de Setúbal, em defesa de uma "alternativa patriótica e de esquerda" na governação do país, recordou a defesa das políticas de integração europeia por parte de anteriores governantes como Mário Soares, Cavaco Silva, António Guterres e Durão Barroso.