Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jean-Claude Juncker demite-se de primeiro-ministro do Luxemburgo

Lusa

  • 333

Cidade do Luxemburgo, 10 jul (Lusa) -- O primeiro-ministro do Luxemburgo Jean-Claude Juncker, no cargo há 18 anos e decano dos líderes europeus, anunciou hoje a sua demissão após a deserção dos seus aliados socialistas após um escândalo relacionado com os serviços de informações.

Após os socialistas terem apresentado uma moção que pedia a dissolução do Parlamento e eleições antecipadas em três meses, Juncker, anunciou que apresentará a sua demissão na quinta-feira, após uma reunião do conselho de ministros.

Provavelmente mais conhecido pelas suas funções de presidente do Eurogrupo, que ocupou desde 2005 até janeiro deste ano, Juncker responde agora sobre a sua gestão dos serviços de informações (SREL), e após o presidente da respetiva comissão de inquérito e deputado dos Verdes François Bausch (oposição) ter questionado a responsabilidade política do primeiro-ministro em diversas irregularidades deste organismo estatal.