Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japonesa Sharp corta 3.000 funcionários

Lusa

  • 333

Tóquio, 20 nov (Lusa) -- O fabricante eletrónico japonês Sharp anunciou hoje a saída de 3.000 funcionários na sequência de um plano de rescisões voluntárias, adotado devido aos problemas financeiros provocados sobretudo pela concorrência de grupos da Coreia do Sul e Taiwan.

As saídas, efetivas a 15 dezembro, vão traduzir-se num encargo financeiro extraordinário de 25,3 mil milhões de ienes (250 milhões de euros) no terceiro trimestre do exercício fiscal 2012-2013 (entre outubro e dezembro), explicou a Sharp em comunicado citado pela agência noticiosa AFP.

O grupo sublinhou que os gastos com as indemnizações já tinham sido levados em conta na apresentação das suas previsões anuais no relatório de 01 de novembro, o qual antecipa prejuízos de 450 mil milhões de ienes (4,5 mil milhões de euros) para o ano fiscal em curso.