Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japão: Segundo reator nuclear começa a funcionar depois da crise em Fukushima

Lusa

  • 333

Tóquio, 21 jul (Lusa) - O reator 4 da central nuclear de Oi, no centro do Japão, iniciou hoje o fornecimento de energia atómica, tornando-se no segundo a entrar em funcionamento depois da crise em Fukushima.

O reator 4 de Oi, que deverá ser capaz de gerar até 1,18 milhões de quilowatt, deverá estar a operar na sua capacidade máxima a 25 de julho, segundo a operadora da central, a Kansai Electric Power (KEPCO), citada pela Efe.

Este é o segundo reator a entrar em funcionamento no Japão depois do terramoto seguido de um tsunami que, a 11 de março de 2011, atingiu o nordeste do país e provocou na central de Fukushima a pior crise nuclear dos últimos 25 anos desde a de Chernobil.