Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japão: Presidente do Nomura demite-se no âmbito de escândalo de informação privilegiada

Lusa

  • 333

Tóquio, 26 jul (Lusa) -- O presidente executivo do maior grupo financeiro do Japão demitiu-se hoje na sequência de um escândalo de informação privilegiada (insider trading) descoberto no âmbito de uma investigação nacional que tem vindo a revelar que esta é uma prática generalizada.

Kenichi Watanabe, presidente executivo do Nomura Holdings, abandonará funções no próximo dia 31 de julho, assim como Takumi Shibata, administrador de operações (chief operating officer, COO), indicou hoje o grupo através de um comunicado, citado pela AFP.

Watanabe disse há cerca de um mês que não se demitiria, depois do Nomura ter divulgado os resultados de uma investigação que deu conta que alguns funcionários tinham vindo a passar informação de mercado a alguns clientes.