Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japão liberta pescador chinês detido em águas disputadas no Mar da China Oriental

Lusa

  • 333

Tóquio, 04 fev (Lusa) -- A guarda costeira japonesa libertou o pescador chinês detido, no sábado, por pescar, sem autorização ao largo da província de Okinawa, onde se situam as Senkaku/Diaoyu, disputadas por Tóquio e Pequim, informa hoje a imprensa local.

A guarda costeira japonesa decidiu libertar, no domingo, o capitão chinês, de 63 anos, depois de ter reconhecido a infração e de o consulado chinês ter garantido o pagamento da multa de 4 milhões de ienes (cerca de 31.000 euros) pela violação das leis de pesca nipónicas, refere a agência Kyodo.

O capitão, identificado como Xue Changlong, admitiu que estava a pescar num recife situado na zona económica exclusiva do Japão, a 46 quilómetros a noroeste da ilha de Miyako, em Okinawa (sul) e que a sua embarcação, de 100 toneladas que contava com outros 12 tripulantes a bordo, não tinha aval das autoridades japonesas.