Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jamaica disponível para colaborar com a Agência Mundial Antidopagem

Lusa

  • 333

Joanesburgo, 14 nov (Lusa) - A máxima responsável governamental do desporto jamaicano, Natalie Neita Headley, mostrou-se hoje disponível para colaborar com a Agência Mundial Antidopagem (AMA), que suspeita que naquele país não se fazem controlos antidoping em número suficiente.

A AMA abriu uma investigação e enviou uma delegação à Jamaica em outubro, no fim da qual elaborou um relatório com propostas de ação na luta contra o doping.

Neita Headley, que hoje fez uma intervenção perante a Conferência Mundial Antidopagem em Joanesburgo, comprometeu-se perante o diretor-geral da AMA, David Howman, que vai aumentar o orçamento anual da agência jamaicana antidopagem em 8 milhões de dólares jamaicanos (56.500 euros).