Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Israel rejeita relatório que exige suspensão imediata da colonização

Lusa

  • 333

Jerusalém, 31 jan (Lusa) - Israel rejeitou hoje um relatório de peritos, encomendado pela ONU, que exige a suspensão imediata da colonização dos territórios palestinianos, por considerar o documento "parcial e prejudicial aos esforços para encontrar uma solução para o conflito".

"Medidas contraprodutivas, como este relatório, só vão contribuir para minar os esforços para encontrar uma solução durável para o conflito israelo-palestiniano", afirma o Ministério dos Negócios Estrangeiros israelita em comunicado.

O relatório - de peritos independentes e efetuado a pedido do Conselho dos Direitos Humanos da ONU - pede, além da suspensão imediata da construção de colonatos nos territórios palestinianos ocupados, a retirada progressiva de todos os colonos.