Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Islândia não era obrigada a reembolsar clientes britânicos e holandeses do Icesave - Tribunal

Lusa

  • 333

Luxemburgo, 28 jan (Lusa) -- A Islândia não era obrigada a reembolsar os clientes estrangeiros dos bancos locais que faliram em 2008, segundo uma sentença do tribunal da Associação Europeia de Livre Comércio, que é definitiva e foi hoje anunciada.

O tribunal rejeitou os argumentos apresentados pelo Reino Unido e pela Holanda, afirma a sentença do tribunal, que ia estipular se os dinheiros públicos devem ou não salvar bancos em processo de falência.

Depois da falência do primeiro banco privado, Landsbanki, a Islândia foi forçada a nacionalizar o sistema bancário islandês, sem poder responder às inquietações dos depositantes do Icesave, uma filial do Landsbanki onde cerca de 340 mil cidadãos britânicos e holandeses tinham depósitos no valor de cerca de quatro mil milhões de euros.