Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Isidoro Sousa suspenso por três meses por "lesão da honra e reputação" de árbitro

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jul (Lusa) -- O presidente do Olhanense, Isidoro Sousa, foi punido com três meses de suspensão pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por "lesão da honra e reputação" de uma equipa de arbitragem.

De acordo com o comunicado divulgado na terça-feira, o presidente do emblema algarvio, além de suspenso, foi ainda multado em 1.530 euros, na sequência dos incidentes ocorridos na receção do Olhanense ao Vitória de Guimarães, da 26.ª jornada da edição de 2012/13 da I Liga, que foi arbitrado pelo portuense Hugo Pacheco e que terminou com a vitória dos minhotos, por 2-1.

As declarações sobre a equipa de arbitragem do jogo entre Rio Ave e Gil Vicente, da 29.ª jornada da mesma prova, chefiada pelo portuense Vasco Santos, custaram, de acordo com o mesmo comunicado, um jogo de castigo e 510 euros ao gilista César Peixoto, por "injúrias e ofensas à reputação", e 1.275 euros ao clube de Barcelos.