Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

IRS: Era "inevitável" dar opção às empresas sobre aplicação de novas tabelas - CCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 jan (Lusa) - A CCP definiu hoje como "inevitável" a opção dada pelo Governo às empresas do setor privado, que podem escolher se aplicam as tabelas de retenção na fonte de IRS para 2013 nos salários de janeiro ou apenas em fevereiro.

"É inevitável que se tivesse de tomar uma atitude dessas. Há empresas que já têm os salários [de janeiro] processados, seria absurdo não fazer isso", disse à agência Lusa o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João Vieira Lopes.

As tabelas aprovadas hoje por despacho do ministro Vítor Gaspar, publicadas em Diário da República ao começo da noite, entram em vigor na terça-feira, mas o Governo, segundo esse despacho, decidiu criar um regime especial que permite a cada entidade do setor privado optar pela aplicação em janeiro ou fevereiro.