Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

IPDJ aberto a "proposta" da LPFP, mas promete parar controlos antidoping sem resposta ou pagamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- O presidente do IPDJ, Augusto Baganha, manifestou-se hoje aberto a uma proposta da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) para resolver o pagamento de três anos de controlo antidoping, mas garante o fim dos testes se ficar sem resposta.

"Há formalidades a cumprir. Há que responder ao nosso ofício para depois sabermos quais as razões que o senhor presidente da Liga evoca [para não querer pagar]. Poderão vir com uma proposta. O IPDJ é uma instituição aberta às outras. Não estamos a funcionar de forma fechada. [Se nada disserem ou proporem] Suspenderemos os controlos no fim do mês, como foi anunciado", disse à agência Lusa.

O dirigente assume que a interrupção dos exames "não é aconselhável", mas recorda que o organismo que dirige cumprirá com a sua obrigação de ver ressarcido o trabalho desenvolvido nos últimos anos, reclamando a liquidação de 256.216 euros.