Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Investigadores portugueses criaram plataforma ecoeficiente que pode ser exportada

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 mai (Lusa) - Investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto desenvolveram uma plataforma tecnológica, que poderá ser exportada, que permite às empresas serem mais ecoeficientes, consumindo menos eletricidade e água ou produzindo menos gases com efeito de estufa.

O responsável pelo projeto do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC TEC), José Correia, explicou hoje à agência Lusa que o objetivo foi "planear e desenvolver uma plataforma informática que suportasse a aplicação de uma metodologia nas empresas, unidades industriais, em diferentes áreas, ou edifícios com escritórios e habitação".

O projeto-piloto da plataforma "online", chamada de Ecopplanner, começa a ser testado, na próxima semana, por uma empresa de produção de rações para animais, a Sorgal, mas pode ser utilizado em setores tão variados como as celuloses ou as fábricas de cerveja.