Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Investigadores em Singapura criam "biomateriais" a partir de organismos marinhos

Lusa

  • 333

Singapura, 11 set (Lusa) - Investigadores de Singapura criaram "biomateriais" a partir dos tecidos de organismo marinhos como lulas e mexilhões, com características superiores às dos plásticos tradicionais produzidos a partir de derivados de petróleo, noticiou hoje a imprensa local.

A equipa de cientistas, da Universidade Tecnológica de Nanyang (NTU) e da Agência para a Ciência, tecnologia e Investigação (AxSTAR) do governo da cidade-Estado, anunciou que os novos biomateriais constituem uma alternativa ecológica a materiais com base em hidrocarbonetos.

Os dados da investigação, que já foram publicados na revista "Nature Biotechnology", dão conta da criação de um material flexível semelhante a plástico a partir do "bico" das lulas, de um material adesivo derivado das fibras com que os mexilhões se fixam às rochas e de um material elástico produzido a partir das massas de ovos de caracóis marinhos.