Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Investigadores do Minho conseguem "maximizar" aproveitamento de peles de couro

Lusa

  • 333

Braga, 13 jun (Lusa) - Uma equipa de investigadores da Universidade do Minho (UMinho) "criou" um meio de "maximizar" o aproveitamento das peles de couro através da invenção de uma "família de algoritmos", inovação recentemente premiada pela Associação Portuguesa de Investigação Operacional.

Em comunicado enviado hoje à agência Lusa pela instituição minhota, os investigadores do Centro Algoritmi da UMinho explicam que a mais-valia desta descoberta passa por "rentabilizar ao máximo" o couro, uma matéria-prima "cara".

A investigação foi feita em parceria com um fabricante português de estofos para veículos mas, aponta o texto, esta "metodologia" pode ter uso "noutros produtos de couro", como calçado, bolsas e casacos.