Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Investigadores de Coimbra criaram micro-robô para "revolucionar" correção de deformidades faciais

Lusa

  • 333

Coimbra, 21 jan (Lusa) -- Investigadores da Universidade de Coimbra (UC) desenvolveram um micro-robô com o qual "pretendem revolucionar" a correção de deformidades faciais, realizando os tratamentos de forma rápida e em ambulatório, anunciou hoje aquela instituição de ensino.

O novo método de tratamento baseia-se num distrator mandibular robotizado, que ainda este ano vai ser aplicado a título experimental em humanos, após ensaios com animais, no âmbito de investigações iniciadas em 2011.

A colocação do micro-robô implica "uma cirurgia que pode ser feita em ambulatório", disse hoje à agência Lusa o ortodontista Francisco do Vale, da Faculdade de Medicina da UC, um dos quatro investigadores envolvidos no projeto.