Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Investigação do IPATIMUP mede agressividade de tumores gástricos e sobrevida dos doentes

Lusa

  • 333

Porto, 30 jan (Lusa) -- Uma equipa de investigadores do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP) desenvolveu um trabalho que permitiu encontrar um novo marcador biológico em doentes com cancro gástrico.

O objetivo do estudo, a que a Lusa teve hoje acesso, foi analisar sistematicamente a frequência e impacto de alterações somáticas no gene da Caderina-E (uma molécula de adesão imprescindível para a fisiologia e morfologia do estômago e dos tecidos epiteliais em geral) no prognóstico e sobrevida de doentes com cancro gástrico.

O trabalho foi agora publicado e alvo de um editorial no Journal of Clinical Oncology (Jornal oficial da American Society of Clinical Oncology).