Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inundações no Extremo Oriente russo batem recordes históricos

Lusa

  • 333

Moscovo, 23 ago (Lusa) - O nível do rio Amur, que faz fronteira entre a Rússia e a China, continua a subir, batendo recordes históricos, o que obrigou já à retirada da zona de cerca de 24.000 pessoas.

"Atualmente, o nível é de 718 centímetros", anunciou Serguei Chliakov, vice-ministro para Situações de Emergência da Rússia.

Segundo prognósticos dos meteorologistas russos, o nível das águas poderá atingir os 830 centímetros na região da cidade russa de Khabarovsk.