Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Instituto do Ordenamento Agrário dos Açores pagou 2ME a fornecedores

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 08 mar (Lusa) -- O Governo dos Açores assegurou hoje que liquidou em três meses dois milhões de euros da dívida a fornecedores do Instituto Regional de Ordenamento Agrário, que, a par dos hospitais do arquipélago, apresenta os maiores prazos de pagamento.

Entre finais de novembro e o fim de fevereiro, a dívida comercial do Instituto de Ordenamento Agrário (IROA) passou de 6,7 milhões para 4,7 milhões de euros, disse à agência Lusa o vice-presidente do governo açoriano.

Sérgio Ávila explicou que o atual executivo regional, que tomou posse em novembro, identificou "duas situações" -- o IROA e os três hospitais do arquipélago - "onde teria de ser feito um esforço acrescido, bastante significativo", para que os prazos médios de pagamento correspondessem aos da administração pública regional, atualmente nos 29 dias, "os mais baixos do país".