Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Instituições sociais do Algarve recebem 2,5 toneladas de corvina - Governo

Lusa

  • 333

Olhão, 28 mar (Lusa) - Duas toneladas e meia de corvina produzidas em aquacultura, em Olhão, vão ser distribuídas por instituições de solidariedade social do Algarve ao abrigo de um protocolo hoje assinado pelos ministros Assunção Cristas e Pedro Mota Soares.

O pescado, criado na Estação Piloto de Piscicultura de Olhão, não pode ser comercializado por questões de concorrência desleal, já que foi produzido no âmbito de um projeto financiado por fundos comunitários e nacionais, explicou a ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e Ordenamento do Território, Assunção Cristas.

Existem 38 instituições já sinalizadas que poderão, a partir de hoje, levantar o pescado que lhes foi atribuído naquela estação, situada em pleno Parque Natural da Ria Formosa, adiantou o ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares.