Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Insolvência à vista para fábrica de frigoríficos de Amares - acionista maioritário

Lusa

  • 333

Amares, 17 jan (Lusa) - O acionista maioritário da Radal, fábrica de frigoríficos de Amares cujos trabalhadores avançaram para a suspensão dos contratos por salários em atraso, admitiu hoje que o passo seguinte deverá ser o pedido de insolvência.

"Aguardamos, a todo o momento, que a gerência renuncie para que possamos apresentar a empresa à insolvência e, assim, salvaguardar os nossos direitos e os direitos dos trabalhadores", disse à Lusa fonte da IBA Portugal.

A fonte sublinhou que também é credora da Radal, onde, em meados de 2012, injetou 250 mil euros, ficando com 80 por cento do capital.