Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/Swap: Maria Luís Albuquerque diz que teve de pressionar para obter informação

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 de jul (Lusa) - A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, garantiu hoje que teve de pressionar o ex-diretor-geral do Tesouro e Finanças Pedro Felício para obter informação sobre 'swaps' e que a que lhe veio a ser prestada revelou-se insuficiente.

"No que se refere às declarações pelo ex-DGTF, Pedro Felício, o próprio indica no email remetido a 29 de junho que me prestava a informação por minha solicitação, não foi uma iniciativa sua. Repito, a minha solicitação. Recordo mais uma vez que tomei posse no dia 28 de junho. O email de 19 de julho decorre também da minha pressão para obter informação sobre o tema. Repito, por pressão minha", afirmou.

Maria Luís Albuquerque, que tomou posse em 28 de junho de 2011 como secretária de Estado do Tesouro e Finanças tornando-se ministra das Finanças a 02 de julho deste ano, disse que a informação que lhe foi enviada "não contém informação sobre cláusulas contratuais, número e características das reestruturações, valor inicial de mercado das transações, que se constatou ser a maior razão para as perdas, e muito menos uma proposta de solução".