Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/Swap: Governo deu ordem à IGF para nova inspeção às empresas públicas

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 jun (Lusa) -- O Ministério das Finanças ordenou em fevereiro uma nova auditoria da Inspeção-Geral das Finanças às empresas onde foram encontrados contratos 'swap' problemáticos, o que pode levar à responsabilização financeira dos gestores envolvidos.

Segundo um despacho datado de 22 de fevereiro deste ano, a que a Lusa teve acesso, a secretária de Estado do Tesouro solicita uma auditoria da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) às empresas Metro de Lisboa, Metro do Porto, Carris, CP -- Comboios de Portugal, STCP - Sociedade de Transportes Coletivos do Porto e EGREPP - Entidade Gestora de Reservas Estratégicas de Produtos Petrolíferos.

O objetivo dessa ação, escreveu então Maria Luís Albuquerque, é "reportar toda a informação existente, independentemente da sua forma, relacionada com contratos derivados de taxa de juro ['swap']", lê-se no documento enviado à comissão parlamentar de inquérito aos 'swap'.