Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: Soares da Costa reclama 159MEuro por suspensão da ligação Poceirão-Caia

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 dez (Lusa) - A Soares da Costa pediu ao Estado o pagamento de 159 milhões de euros por despesas incorridas pela suspensão do projeto de alta velocidade, estando a decorrer negociações para este valor não duplicar, disse hoje o presidente António Castro Henriques.

"Já apresentámos ao Estado um pedido de pagamento pelo valor das despesas incorridas, que ascende a um valor de 159 milhões de euros, suscetível de revisão em função da passagem do tempo", afirmou hoje Castro Henriques na comissão parlamentar de inquérito às Parcerias Público-Privadas, realçando que "o Estado ainda não respondei aos pedidos de pagamento".

Segundo o atual presidente da comissão executiva da Soares da Costa, acionista da ELOS, que assinou, em 2010, com o Estado o contrato de concessão da ligação de alta velocidade entre Poceirão e Caia, chumbada pelo Tribunal de Contas, este valor pode vir a aumentar "substancialmente" se forem cancelados os contratos de cobertura de risco da taxa de juro.