Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: Paulo Campos critica plano do Governo que para reduzir despesa se traduz em "mais portagens"

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jan (Lusa) - O antigo secretário de Estado das Obras Públicas Paulo Campos criticou hoje o plano do Governo para diminuir a despesa do Estado com as Parcerias Público-Privadas (PPP) por se traduzir em "mais portagens".

"A redução de encargos que o Governo tem defendido com a renegociação destes contratos está a transformar-se em acréscimo de receitas, através da implementação de mais portagens", criticou Paulo Campos, que está há duas horas a ser ouvido na comissão parlamentar de inquérito às PPP.

O Governo pretende alcançar uma poupança anual de 250 milhões de euros com as PPP já a partir de 2013, de acordo com o Orçamento do Estado.