Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: "Não seria fácil introduzir portagens nas SCUT" - António Mexia

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 abr (Lusa) - O antigo ministro das Obras Públicas António Mexia afirmou hoje no parlamento que, quando esteve no Governo, defendia o fim das SCUT (vias sem custos para o utilizador), mas admitiu que não seria fácil introduzir portagens nessas autoestradas.

"Tinha que ter suado se ficasse mais tempo [no Governo liderado por Santana Lopes], porque não seria fácil. É mais fácil defender a introdução do que introduzir", afirmou hoje o antigo governante, que está a ser ouvido na comissão parlamentar de inquérito às Parcerias Público-Privadas (PPP).

Ainda assim, António Mexia defendeu que "não teria levado os dez anos que levou [à introdução de portagens nas antigas SCUT], mas seria [um processo] complexo", realçando que, se essas autoestradas tivessem sido portajadas dez anos antes, "a questão [dos encargos] seria diferente".