Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: António Mota explica no parlamento contratos de cinco concessões

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- O presidente do conselho de administração da Mota-Engil, António Mota, vai hoje ao parlamento explicar os contratos de cinco concessões rodoviárias atribuídas à Ascendi, renegociados em 2010 durante o Governo de José Sócrates.

Na agenda da comissão de inquérito parlamentar às parcerias público-privadas (PPP), estão cinco concessões -- Norte, Grande Lisboa, Costa de Prata, Beiras Litoral e Alta e Grande Porto -- da Ascendi, empresa detida maioritariamente pelo grupo Mota-Engil.

Na semana passada, o presidente da Ascendi, Gonçalo Moura Martins, disse na mesma comissão de inquérito que o acordo global de renegociação das três ex-SCUT (Costa de Prata, Beiras Litoral e Alta e Grande Porto) e das duas concessionárias (Norte e Grande Lisboa), realizada em 2010, diminuíram os encargos do Estado, gerando um benefício líquido de 1.200 milhões de euros.