Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: "Não me lembro de outro concurso ter ficado deserto em 22 anos" -- Pinto Furtado

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 jul (Lusa) - O presidente da extinta Comissão de Acompanhamento das Reprivatizações, Pinto Furtado, revelou hoje que o primeiro concurso de venda do BPN foi o único que não contou com qualquer interessado, nos 22 anos em que esteve na liderança da entidade.

"Não me lembro de, em 22 anos, outro concurso ter ficado deserto", afirmou Pinto Furtado na sua audição hoje de manhã na comissão parlamentar de inquérito ao Banco Português de Negócios (BPN).

Pinto Furtado explicou aos deputados que integram os trabalhos da comissão que, como falhou o concurso público para a reprivatização do BPN, o (anterior) Executivo avançou com a decisão de fazer uma venda direta.