Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: Governador do BdP estima que imparidades do BPN cheguem a 2,8 mil milhões

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 jun (Lusa) - O Governador do Banco de Portugal disse hoje no parlamento que as estimativas para as imparidades (perdas potenciais) do BPN ascendem a 2,8 mil milhões de euros, confirmando o valor já adiantando na comissão de inquérito esta semana.

"As imparidades [do BPN] têm duas vertentes, a vertente de risco de crédito e a vertente de risco de mercado. É isso que as atira para ordem dos 2.800 milhões de euros" disse hoje Carlos Costa, na segunda comissão de inquérito ao BPN, respondendo a perguntas do deputado do PSD Afonso Oliveira.

Questionado sobre se esse valor podia sofrer alterações, o Governador respondeu que tal não está excluído, mas que "2.800 milhões de euros é o valor central de todas as estimativas".