Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: Demora em encontrar solução levou a "erosão" do valor do banco - ROC

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) - O revisor oficial de contas do BPN nacionalizado disse hoje que as contas do banco foram certificadas com reservas por falta de informação e considerou que a demora numa solução levou à "erosão" de património e de valor.

Oliveira Rego, foi hoje ouvido na Comissão de Inquérito ao BPN devido à função desempenhada pela sua sociedade (Oliveira Rego & Associados) como Revisor Oficial de Contas (ROC) do Grupo Banco Português de Negócios entre a nacionalização, em novembro de 2008, e a venda ao BIC (por 40 milhões de euros), em março deste ano.

Questionado pelo deputado do PSD Cristóvão Crespo sobre a solução encontrada para o BPN de reprivatização, o responsável pela certificação de contas do banco durante a nacionalização não se quis pronunciar diretamente, mas adiantou que a demora não foi inócua para aquela instituição financeira.