Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: Armando Pinto diz que vai recorrer da condenação do Banco de Portugal

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 jul (Lusa) - O ex-administrador do Banco Português de Negócios (BPN) Armando Pinto afirmou hoje que desconhecia todas as práticas ilegais cometidas neste grupo e que vai recorrer da condenação de que foi alvo pelo Banco de Portugal.

"Não vi" ou "não sabia" foram, segundo deputados contactados pela agência Lusa, as respostas mais frequentes dadas por Armando Pinto ao longo de cinco horas e meia de audição na comissão de inquérito parlamentar sobre a nacionalização e privatização do BPN.

Armando Pinto, que foi recentemente condenado num processo instaurado pelo Banco de Portugal, disse aos deputados que vai recorrer da decisão e manteve sempre a tese de que participou em reuniões da administração do BPN presidida por Oliveira e Costa, mas que desconhecia o Banco Insular, por onde passou parte substancial do "buraco financeiro" BPN.