Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Infarmed diz que não há evidência de falta de acesso aos medicamentos para hepatite C

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jan (Lusa) -- A Autoridade do Medicamento considera que "não existe qualquer evidência" de que o acesso aos novos medicamentos para a hepatite C esteja limitado aos cidadãos que deles precisem, numa reação às declarações do bastonário da Ordem dos Médicos.

Na quarta-feira à noite, o bastonário José Manuel Silva denunciou que há situações de clínicos que estão a ser proibidos de prescrever os medicamentos que consideram adequados para os seus doentes, exemplificando com os novos medicamentos para a hepatite C.

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) lembra, num comunicado hoje emitido, que estes dois medicamentos são de uso exclusivo hospitalar e estão sujeitos a um processo de avaliação prévia antes de autorizados para uso nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).