Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Infarmed deteta exportação ilegal de remédicos em falta nas farmácias nacionais

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 abr (Lusa) -- O Infarmed detetou a existência de exportação ilegal de medicamentos, que estavam em falta nas farmácias portuguesas, revelou hoje à Lusa a autoridade do medicamento.

No âmbito de ações inspetivas, o Infarmed descobriu que alguns medicamentos se encontram rateados no mercado nacional porque são canalizados diretamente por distribuidores por grosso para exportação e que, em alguns casos, os distribuidores se abastecem junto de farmácias, "o que configura um incumprimento legal".

"Foram também detetadas situações de exportação ilegal junto de distribuidores, ou seja, em determinado período não foram satisfeitos pedidos de determinados medicamentos por farmácias, verificando-se, no entanto, registo de movimentos de exportação desses mesmos medicamentos nesse mesmo período", sublinha o Infarmed.