Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Indonésia deu dois dias à Austrália para explicar a espionagem ao seu Presidente

Lusa

  • 333

Sydney, Austrália, 19 nov (Lusa) - A Indonésia deu um prazo de dois dias à Austrália para apresentar explicações sobre a alegada espionagem por parte dos seus serviços secretos às comunicações telefónicas do Presidente indonésio, informou hoje a imprensa local.

O Presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, pediu às suas agências de segurança que investiguem o caso, que o levou a chamar o embaixador australiano e a anunciar a revisão da posição do chefe da missão australiana e do seu pessoal diplomático na Indonésia.

O ministro dos Assuntos de Segurança, Políticos e Legais indonésio, Djoko Suyanto, pediu na segunda-feira explicações à Austrália e espera que o país as apresente num prazo de dois dias, segundo a ABC.