Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Independente: Alegações finais começam hoje com a intervenção do Ministério Público

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (lusa) - As alegações finais do julgamento da Universidade Independente começam hoje, nas varas criminais de Lisboa, cabendo ao Ministério Público pedir ou não a condenação dos 23 arguidos que respondem por crimes económico-financeiros.

Amadeu Lima de Carvalho, alegado accionista maioritário da empresa detentora da extinta Universidade Independente, o ex-reitor Luís Arouca e o ex-vice-reitor Rui Verde são os arguidos principais, estando o primeiro acusado de mais de 40 crimes, incluindo branqueamento de capitais, burla qualificada, corrupção e fraude fiscal.

Amadeu Lima de Carvalho e o ex-vice reitor Rui Verde chegaram a estar presos preventivamente.