Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Indemnização pedida por morte de amigo de Angélico é "exagero" - Fundo Automóvel

Lusa

  • 333

Aveiro, 15 abr (Lusa) - O Fundo de Garantia Automóvel (FGA) considerou "manifestamente exagerada" a indemnização pedida em tribunal pela família de Hélio Filipe, vítma mortal no acidente de viação que em 2011 também matou o cantor Angélico Vieira.

Os pais de Hélio Filipe intentaram uma ação no Juízo de Grande Instância Cível de Aveiro, contra a mãe do cantor, que responsabilizam pela morte do seu filho, e reclamam o pagamento de 236 mil euros.

A ação visa ainda o FGA, o stand Impocar (dono do BMW conduzido por Angélico) e o anterior proprietário do automóvel.