Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incidente em conduta de gás não foi explosão porque não havia gás - EDP

Lusa

  • 333

Braga, 04 abr (Lusa) - A EDP Gás esclareceu que o incidente hoje ocorrido numa conduta de gás, em Braga, do qual resultou um ferido ligeiro, não se "tratou de uma explosão" uma vez que a conduta que rebentou não estava ainda "gasificada".

Num comunicado enviado à agência Lusa, a empresa apontou que o incidente ocorreu no "decurso de uma obra de construção da rede de gás natural" e recusa assim que tenha sido uma explosão a causar a cratera que, segundo fonte da PSP disse à Lusa, tem cerca de três metros e a danificar uma conduta de saneamento.

"Os técnicos do empreiteiro ao serviço da EDP Gás Distribuição realizavam naquele momento ensaios de estanquidade da rede, testes efetuados com ar comprimido antes de a rede ser gasificada com gás natural, motivo pelo qual não pode afirmar-se ter-se tratado de uma explosão", esclarece o texto.