Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incentivos comunitários geram mais e melhor emprego - Observatório do QREN

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 mai (Lusa) - Os incentivos do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) às empresas têm gerado "mais e melhor" emprego, revela um estudo hoje apresentado em Lisboa pelo Observatório do QREN.

Mesmo não sendo o "objetivo primordial" dos incentivos comunitários, cujo foco é o "aumento da produtividade, inovação e exportações" das empresas, a realidade patente no estudo aponta para que ao fim de três anos exista a criação líquida de 2,1 postos de trabalho por empresa, declarou à agência Lusa o secretário técnico do Núcleo de Estudos e Avaliação do Observatório do QREN, Ricardo Mamede.

Para o responsável, que conduziu o estudo sobre os impactos dos apoios às empresas em Portugal, os fundos têm gerado melhor emprego no sentido em que levam à contratação de "pessoas com formação superior" e por períodos longos, de "alguma sustentabilidade".