Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios/Tavira: Ministro Miguel Macedo recusa avançar se Governo vai decretar estado de calamidade pública

Lusa

  • 333

Cachopo, 20 jul (Lusa) -- O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, recusou hoje adiantar se o Governo vai declarar o estado de calamidade pública no concelho de Tavira, devido ao incêndio que lavra na região desde quarta-feira.

Em declarações aos jornalistas após visitar o posto de comando móvel da Autoridade Nacional de Proteção Civil situado em Cachopo, freguesia onde o fogo deflagrou às 14:00 de quarta-feira, Miguel Macedo afirmou que a declaração do estado de calamidade "ver-se-á", porque "há legislação própria e requisitos que têm de ser cumpridos" para que possa ser decidida.

O governante respondeu assim ao apelo que o presidente da Câmara de Tavira, Jorge Botelho, fez ao Governo.