Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios/Madeira: Portugueses da Venezuela procuram saber dos familiares com os nervos à flor da pele

Lusa

  • 333

Caracas, 20 jul (Lusa) - Os incêndios que há vários dias afetam a ilha da Madeira estão a preocupar os madeirenses radicados na Venezuela que tentam saber das últimas notícias e queixam-se de dificuldades para comunicar com os familiares.

"Estou nervosa, preocupada. Telefonei mais de dez vezes para a minha irmã, na noite passada quase não dormi a pensar no que acontecia na Camacha e estou muito dependente das notícias", explicou à agência Lusa a portuguesa Maria Andrade.

Radicada em Caracas, esta emigrante comentou a angústia transmitida telefonicamente à irmã ao ver as chamas chegarem perto de casa, no sítio do Rochão, Camacha, e frisou ter mesmo ouvido telefonicamente explosões de botijas de gás e "pessoas roucas de tanto gritar".