Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios/Madeira: Meios aéreos podiam ter sido decisivos para evitar "cenário dantesco" -- presidente bombeiros profissionais

Lusa

  • 333

Funchal, 20 jul (Lusa) - O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais disse hoje à Lusa que a utilização de meios aéreos nos incêndios na Madeira podia ter sido decisivos para evitar "o cenário dantesco a que todos assistimos".

Fernando Curto sustentou que "tecnicamente não existe nada que inviabilize o uso de meios aéreos" e frisou que na Madeira "falhou a primeira intervenção e deixou desde logo os bombeiros em desigualdade".

"Tal como no continente, [o uso de helicópteros e aviões] está condicionado às condições meteorológicas e à geografia do terreno, mas, tanto no Funchal, como em Santa Cruz e na Camacha a utilização de meios aéreos ligeiros e médios podiam ter tido um contributo muito importante logo na primeira intervenção, evitando uma escalada da situação", frisou.