Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios/Madeira: Executivo avança com processo judicial contra presidente da associação de bombeiros

Lusa

  • 333

Funchal, 25 jul (Lusa) - O presidente do Governo Regional da Madeira informou hoje que o presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, Fernando Curto, vai "responder criminalmente" pelas afirmações relacionadas com a origem dos incêndios nesta ilha.

"Um indivíduo Curto, de uma associação de bombeiros, atreveu-se a afirmar que o presidente do Governo Regional da Madeira teria acusado qualquer bombeiro de responsável pelos fogos ateados criminosamente na Madeira. Por tal, responderá criminalmente", refere uma nota divulgada pelo gabinete da presidência do executivo madeirense, assinado pelo assessor de Alberto João Jardim.

No documento, pode ler-se que "o presidente do Governo Regional se limitou a afirmar haver uma coincidência temporal, objetiva e inegável entre mais uma manifestação da associação do referido Curto na região autónoma e os incêndios ocorridos".