Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios/Algarve: Comandantes dos bombeiros classificam relatório da Liga de "oportunista" (versão corrigida)

Lusa

  • 333

Faro, 16 ago (Lusa) - Os 27 comandantes e adjuntos dos bombeiros algarvios que combateram o grande incêndio de julho na região contestaram hoje o relatório da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) sobre o fogo, que classificam como "oportunista".

"Como pode este relatório, que consideramos oportunista e com interesses ocultos, pôr em causa o trabalho de quase uma década, que muitas vezes é considerado exemplar pelo resto do país?" - questiona o documento, assinado por todos os 27 comandantes e adjuntos que estiveram no terreno durante os quatro dias de incêndio que lavrou nos concelhos de Tavira e São Brás de Alportel.

O relatório elaborado pela LBP acerca do incêndio florestal ocorrido nos concelhos de Tavira e S. Brás de Alportel conclui ter havido "falhas graves" na estratégia e coordenação no comando das operações e que "o dispositivo de combate andou sempre atrás do incêndio em vez de se antecipar à sua evolução".