Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios: Polícia Judiciária já identificou e deteve 37 pessoas este ano

Lusa

  • 333

Mangualde, 23 ago (Lusa) -- A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje em comunicado já ter detido e identificado, este ano, 37 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

O comunicado da PJ, que divulga estes números anuncia igualmente duas novas detenções, referentes a dois homens, presumíveis autores de vários crimes de incêndio florestal, ocorridos muito recentemente no concelho de Mangualde, distrito de Viseu.

"No primeiro caso trata-se de um suspeito de 44 anos, solteiro, agricultor, e que, agindo num quadro impulsivo e de atração pelo fogo, na madrugada do dia 13 de agosto, com um isqueiro, ateou um incêndio numa densa zona florestal povoada de mato, pinheiros e eucaliptos, junto ao 'estradão' que liga as aldeias de Almeidinha e Casal de Cima, atingindo também povoamento de carvalhos e zona agrícola, causando uma área ardida de cerca de 70 hectares e significativos prejuízos patrimoniais e ambientais", explica o mesmo comunicado.