Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Incêndios: PJ deteve agricultor suspeito de atear fogo florestal na Covilhã

Lusa

  • 333

Covilhã, 19 jul (Lusa) - A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um agricultor, de 72 anos, suspeito de ser o autor de um incêndio florestal ateado na quinta-feira na localidade de Relvas, no concelho da Covilhã.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, o incêndio "consumiu cerca de quatro hectares de terreno de cultivo e zona florestal, pondo ainda em perigo várias habitações, sendo extinto graças à pronta intervenção de nove corporações de bombeiros, dois meios aéreos e populares".

As diligências iniciadas pela GNR "permitiram dar continuidade às investigações, levando à detenção, fora de flagrante delito, do presumível autor do incêndio", refere a nota.