Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Imigração: Primeiro-ministro de Cabo Verde admite necessidade de "consentir sacrifícios"

Lusa

  • 333

Horta, Açores, 13 set (Lusa) -- O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria das Neves, admitiu hoje a necessidade de "consentir sacrifícios para fazer face à crise que se vive em todos os países, particularmente nos arquipélagos".

Em declarações à agência Lusa na Horta, ilha do Faial, no início de uma visita aos Açores, José Maria das Neves sublinhou que, no contexto atual, é "preciso trabalhar mais arduamente para que os efeitos da crise sejam mitigados".

O chefe do Governo de Cabo Verde, que está nos Açores para participar, com o estatuto de observador, na XVIII Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas (RUP) da União Europeia, sustentou que também são exigidos esforços acrescidos aos imigrantes cabo-verdianos residentes nas ilhas açorianas.