Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Imagem de Estaline sobe nas sondagens 60 anos depois da morte

Lusa

  • 333

Moscovo, 04 mar (Lusa) - A figura do dirigente soviético José Estaline, que faleceu há 60 anos, continua a provocar forte polémica e a dividir a sociedade russa, e quase metade da população considera o seu papel positivo.

No dia em que passam exatos 60 anos depois da sua morte, as sondagens mostram que a popularidade do homem que dirigiu a URSS com braço de ferro não pára de aumentar na Rússia.

"Em 1988, menos de 1 por cento dos respondentes consideravam Estaline uma grande figura que seria recordada dentro de 20-30 anos. Hoje, ele encontra-se na lista das figuras mais significativas dessa época na consciência social", constata Lev Gudkov, diretor do Centro Analítico Levada-Tsentr.