Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

IGAS deslocou-se à clínica ilegal na Amadora que se disponibiliza para fazer abortos

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 mai (Lusa) -- A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) deslocou-se hoje à Clínica do Bosque, uma unidade de saúde privada que funciona ilegalmente e se disponibiliza, entre outros serviços, para fazer abortos, segundo fonte do Ministério da Saúde.

Acompanhados de um representante da autoridade regional de saúde, elementos da IGAS tentaram aceder à Clínica do Bosque, na Amadora, encontrando-se a mesma encerrada.

A mesma fonte adiantou que a IGAS vai continuar a acompanhar o caso e a prosseguir as diligências que se afiguraram pertinentes, no âmbito desta ação de fiscalização.