Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Idoso acusado de provocar fogo que matou 13 pessoas em Taiwan

Lusa

  • 333

Taipé, 25 dez (Lusa) - Um homem de 67 anos foi indiciado por homicídio e incêndio criminoso, por alegadamente ter provocado um incêndio num hospital de Taiwan, que matou 13 pessoas e feriu outras 60 em outubro, informou hoje a acusação.

Os advogados de acusação disseram ter descartado a pena de morte para o homem devido à sua confissão do crime e saúde precária.

O indivíduo, de apelido Lin, era também paciente no serviço de enfermagem no sul de Taiwan, e é acusado de incendiar papéis e de atirá-los para um quarto cheio de roupas armazenadas no dia 23 de outubro, causando o incêndio.