Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

I Liga/Balanço: Vítor Pereira, o conquistador que enerva a bancada

Lusa

  • 333

Porto, 20 mai (Lusa) -- Duas vezes campeão em duas temporadas, com apenas 12 empates e uma derrota em 60 jogos na I Liga de futebol são os números impressionantes do técnico do FC Porto, Vítor Pereira, que ainda assim está longe de gerar consenso.

Mas, afinal, que mais pedem os adeptos a um homem que é sinónimo de conquista desde que se estreou como treinador principal na I Liga, substituindo André Villas-Boas (era seu adjunto), no início da época 2011/12, questiona-se.

Além dos dois títulos nacionais, Vítor Pereira dirigiu a equipa na vitória em duas edições da Supertaça, mas, na época que agora finda, responsabilizou-se pela falha no apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões, pela saída extemporânea da Taça de Portugal e por não ter sido desta vez que a Taça da Liga enriqueceu a vitrina dos "dragões".